Follow by Email

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Quais as diferenças entre anexo e em anexo?

Recebi um e-mail de Micheline Almeida com a seguinte pergunta: "Como se diz: em anexo ou anexo?".

Resposta: no português formal, a palavra anexo é um adjetivo e concorda com o substantivo a que se refere em gênero (masculino/feminino) e em número (singular/plural). Exemplos:

  1. Enviamos anexos (masculino plural) os ofícios (masculino plural).
  2. Seguem anexas (feminino plural) as correspondências (feminino plural).
  3. A carta (feminino singular) segue anexa (feminino singular).
  4. O documento (masculino singular) está anexo (masculino singular).
A expressão em anexo é uma locução adverbial e, por sua natureza adverbial, nunca sofre variação, ou seja, fica sempre em anexo. Exemplos:

  1. Enviamos em anexo os ofícios.
  2. Seguem em anexo as correspondências.
  3. A carta segue em anexo.
  4. O documento segue em anexo.
Aproveito para agradecer a Micheline pela pergunta enviada.

4 comentários:

  1. Professor,
    Ambas as formas estão adequadas ao português formal!?

    Mais uma dúvida: Uma questão pede para analisar o pronome oblíquo "me" do seguinte trecho do conto "O espelho" de M.A. (à propósito,conto muito bom): "0 próprio vidro parecia conjurado com o resto do universo; não ME estampou a figura nítida e inteira, mas vaga, esfumada, difusa, sombra de sombra".

    Daí fazem algumas afirmações, dentre elas a seguinte: "o pronome oblíquo do trecho excerce função sintática de adjunto adnominal de FIGURA e tem sentido de posse"

    Está correto?

    Um grande abraço e obrigada pelo blog que nos salva nos momentos de dúvidas.

    ResponderExcluir
  2. Karoline, as duas formas são adequadas ao português formal.

    Em relação a sua segunda dúvida, dizer que a função sintática do "me", nesse trecho, é de adjunto adnominal me parece um equívoco, pois, para isso, ele teria de ser permutado por um pronome possessivo, o que não é o caso: "[...] não estampou [a minha] figura nítida e inteira [...]".

    O verbo estampar, no sentido em que foi empregado, conforme registra o "Dicionário prático de regência verbal", de Celso Pedro Luft, Editora Ática, 1987, p. 279-280, é transitivo direto pronominal indireto: "[...] estampar-se em... Mostrar(-se; patentear(-se); retratar(-se) [...]".

    Embora não seja usual classificar sintaticamente os pronomes dos verbos pronominais, na frase de Machado de Assis o pronome "me" é objeto direto.

    Abraço e obrigado!

    ResponderExcluir