Follow by Email

domingo, 29 de abril de 2012

Bom-senso? Nova Iorque?


Dúvidas encaminhadas por Geraldo Magela de Faria, licenciado em Letras pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UNIBH) e revisor:

"Apresento estas questões para os amigos que gostam de estudar o idioma.
 
1 A minha parceira de revisão de textos, Viviane, achou no VOLP o registro bom-senso (com hífen). Os dicionários não abonam este registro.
Um dos destinatários disse que se deve respeitar o VOLP e concordo com ele. E neste caso?
 
2 Nunca gostei de Nova Iorque (da grafia, porque a cidade eu não conheço, assim como nunca comi caviar).
 Pois, hoje, deparei com a definição de nova-iorquino no Houaiss, conforme segue: "[...] relativo ao Estado de Nova York ou à cidade de mesmo nome (E.U.A.) ou o que é seu natural ou habitante". Fui ao VOLP e, para meu espanto, estão lá nova-yorkiense e nova-yorkino. Não acreditei, fiz outras leituras e confirmei."

Minha resposta


Questão 1

O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP), quer queiramos ou não, é a fonte oficial para dúvidas de ortografia. Se ele registra bom-senso, com hífen, na norma-padrão é assim que teremos de grafar.

Questão 2

Ou se grafa Nova Iorque, aportuguesado, ou New York. É um absurdo o Houaiss chancelar um erro desses.

Quanto a "nova-yorkino", não se trata de uma incoerência, pois, na nova ortografia, as letras "k" e "y" foram inseridas ao alfabeto do português. Além disso, o VOLP traz também a forma variante "nova-iorquino".