Follow by Email

terça-feira, 29 de junho de 2010

Questão de concurso elaborada pela Fundação Carlos Chagas/2005

Queridos leitores:

Meu sobrinho, Ronald, a quem agradeço a ideia, me sugeriu que começasse a postar neste blogue questões de concurso.

Aceitei a sugestão, e vai abaixo a primeira questão com meus comentários. Peço a vocês que me enviem questões também. Assim, poderemos ajudar muita gente que se prepara para a árdua - mas instigante - trajetória dos concursos públicos. 

Questão

"[...] entre os vários fatores que ameaçam o desempenho do setor em 2005 [...]." (início do 2º parágrafo)

O mesmo tipo de complemento exigido pelo verbo grifado acima está na frase:

(A) ... as perspectivas de curto prazo tornaram-se sombrias...
(B) ... que estavam em níveis muito baixos...
(C) ... que atuam no mercado externo.
(D) ... que anulam a competitividade alcançada nos últimos anos...
(E) ... os custos no Brasil são cerca de três vezes maiores...

Comentários
 
A resposta correta é a letra "D". Por quê? Porque o verbo destacado "ameaçam" é transitivo direto, ou seja, verbo que exige um complemento sem introdução de preposição obrigatória. Nome desse complemento? Objeto direto.
 
Somente na letra "D" aparece um verbo transitivo direto: anulam, motivo pelo qual essa é a correta.
 
Portanto, trata-se de uma questão que exigiu do candidato o conhecimento da matéria regência verbal, a qual invariavelmente é cobrada nos concursos.
_________________________________________________________

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Qual a diferença entre onde, aonde e donde?

Quando o verbo ou nome exigirem a preposição em, use onde. Exemplo: Quem está, está em algum lugar. Portanto, onde você está? Quem mora, mora em algum lugar. Onde você mora? Quem entra, entra em algum lugar. Onde você entrou?

Já aonde deve ser usado com verbos ou nomes que pedem a preposição a: Quem chega, chega a algum lugar. Aonde vocês chegaram? Quem vai, vai a algum lugar. Aonde vocês vão? Minha ida a Belém foi rápida. Ida aonde?

Empregue donde ou de onde nos casos em que o verbo ou nome exigirem a preposição de: Quem vem, vem de algum lugar. Donde [ou de onde] você vem? Quem provém, provém de algum lugar. Você provém donde (ou de onde)?