Follow by Email

quinta-feira, 6 de maio de 2010

A princípio ou em princípio?

Essas expressões têm sentidos distintos: a princípio significa no começo, inicialmente; em princípio é igual a teoricamente, em tese, de um modo geral, em termos. Ex.:

(i) A princípio (= no começo), aprender a dirigir é custoso, mas com a prática tudo se torna mais fácil.

(ii) Em princípio (= em teoria), todos são iguais perante a lei, mas no dia a dia, pelo menos no Brasil, isso ainda é uma utopia.


5 comentários:

  1. Professor, esta questão me causou muita dúvida!

    Qual seria a alternativa incorreta?

    Considerando a regência verbal, assinale a alternativa em que a associação está
    INCORRETA.
    A)Quem acompanha de boa fé assiste ao alerta diário destes meios contra
    (O complemento verbal pode ser substituído por LHE)
    C) Não me assiste o direito de criticar os meios de comunicação – No sentido de
    competência ou atribuição o verbo assistir é transitivo indireto.
    D) Repudiar a violência na tevê é um direito que assiste ao telespectador – No sentido
    de caber, competir, o complemento verbal pode ser substituído por LHE.

    ResponderExcluir
  2. Prezado anônimo:

    A alternativa incorreta é a letra "a", pois o verbo assistir, no sentido de ver, presenciar, não aceita, na norma-padrão, o pronome "lhe".

    Nesse caso, na frase em estudo, o "lhe" deverá ser substituído por "a ele" (= ao alerta diário).

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada professor!!!!

    só mais uma dúvida:

    Chamar a atenção ou Chamar à atenção?

    ResponderExcluir
  4. Prezado Anônimo:

    O verbo "chamar", no sentido de atrair, despertar, é transitivo direto, ou seja, não exige preposição obrigatória. Logo, chamar a atenção, sem acento grave.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Professor, olhe o seguinte parágrafo, seguido da questão 11, por favor. Penso que as letras "a" e "e" não fazem, a princípio, muito sentido para serem, uma das duas, a resposta da questão. Grato pela gentileza, aguardo retorno.

    Ao pular-se do pecado original para o "homem naturalmente bom num mundo mau", abriu-se uma grande florescência de socialismos que, em princípio, se propunham refazer a sociedade segundo uma utopia generosa. Em meados do século passado, veio um golpe: a teoria da evolução das espécies, de Darwin, segundo a qual, na natureza, os seres vivos evoluíam pela disputa de uns com outros no jogo da sobrevivência do mais apto. Essa idéia não foi logo entendida como ameaça pelos socialistas, porque, como os seus coetâneos, tinham um profundo temor reverencial pela "ciência". Não demorariam, porém, a aparecer extrapolações como o "darwinismo social", e as idéias racistas supostamente "científicas". "Ao vencedor as batatas", como diria Machado de Assis.

    11) Apesar de o texto estar claro ao leitor leigo, um estudo mais profundo traria à tona um erro que modificaria totalmente o sentido do primeiro período desse parágrafo, pois:
    a) Em princípio só aparentemente tem sentido temporal, mas, na verdade, tem valor concessivo, podendo ser substituído por "apesar de". A expressão que indica tempo é "a princípio".
    b) Refazer possui o sentido de "fazer novamente"; isso daria o significado de que a sociedade não mais existia, o que não condiz com a realidade.
    c) Ao pular-se denota interrupção na ação, como se uma ação abruptamente fosse interrompida, para que outra se iniciasse. O certo seria "Ao se pular".
    d) Florescência significa "iluminação", o que denotaria que os socialismos já existiam, mas o autor quis indicar que eles surgiam naquele momento.
    e) Generosa é qualidade que só pode ser admitida em pessoas, portanto não cabe neste texto.

    ResponderExcluir